8 dicas para trabalhar sua autoestima

Amar a si mesmo e confiar no seu potencial é o primeiro passo para uma vida de sucesso. Ao nos aceitarmos com todos os defeitos e qualidades que temos, abrimos espaço na nossa vida para que coisas maravilhosas aconteçam.


Atraímos aquilo que vibramos, uma energia de amor, confiança e valorização própria, ajuda a trazer para nossa vida pessoas e situações que irão reforçar esses sentimentos. Estar com a autoestima equilibrada pode mudar a nossa vida.


Mas como ela é desenvolvida? Desde que nascemos, interagimos com outras pessoas e com o mundo à nossa volta. Ao longo do tempo, as ações de terceiros podem aumentar ou destruir a nossa autoestima. Isso começa na família, quando somos pequenos e nossos pais nos elogiam ou punem por nossas atitudes. Depois de um tempo, a sociedade passa a fazer o mesmo e vamos interiorizando essas ações que podem ser transformadas em crenças limitantes sobre nós ou em uma autoestima elevada.


Mas não se preocupe, mesmo que hoje sua autoestima esteja baixa, é possível trabalhar isso dentro de você para ter mais autoconfiança e aumentar o amor próprio. Se você quer saber como fazer isso, segue a leitura que vamos te dar algumas dicas.

  • Elimine as comparações da sua vida

Um dos pontos que atrapalham nossa autoestima é a comparação da nossa vida com a dos outros. Em um mundo cada vez mais conectado e com as redes sociais tão em alta é comum se comparar com as fotos do Instagram. Mas não se esqueça que ali tem apenas uma parte da realidade daquela pessoa, cada um tem suas dificuldades e alegrias, mas normalmente as pessoas só compartilham o segundo.


Além disso, é sempre importante lembrar que somos todos diferentes, temos corpos e realidades distintos uns dos outros e não é justo com você mesma se comparar com outra pessoa, uma vez que a realidade e vivências dela são diferentes das suas.


Uma frase para você levar para a vida é “Não compare os seus bastidores com o palco do outro!”. Viva a sua vida agradecendo por todas as conquistas, crie suas metas de acordo com a sua realidade e as suas experiências. Fique feliz pelas conquistas dos amigos, mas não deixe que isso se torne um motivo de comparação para você.

  • Aprenda a se perdoar

Costumamos ser mais cruéis com nós mesmos do que com os outros. Exigimos a perfeição a todo o momento, mas ninguém é perfeito, todos estamos aqui para aprender e evoluir. É comum tropeçarmos nessa caminhada, o mais importante é aprender com os erros e seguir em frente. Ficar se culpando não vai ajudar em nada, muito pelo contrário, quando focamos demais em um erro, não deixamos a energia fluir e podemos ficar estagnados naquela situação.


Faça o exercício do auto perdão. Se acolha nos momentos felizes e de dificuldade. Veja o que você pode aprender com os seus erros e siga em frente de cabeça erguida.

  • Aprenda a dizer não

A baixa autoestima costuma fazer com que as pessoas tenham dificuldade em dizer não. Com isso elas acabam em situações que não gostariam de estar. Aprender a dizer não, respeitar seus limites e suas vontades é muito importante.


Não estamos dizendo para você dizer não para todo mundo a todo momento. Mas é necessário saber fazer isso algumas vezes. Sabe aquele convite para sair com pessoas que te fazem mal ou o favor que um parente sempre te pede, mas que no fundo você não quer fazer? Aprenda a impor seus limites nessas situações. Lembre-se que quando você fala sim sem ter vontade para o outro, você está, no fundo, dizendo não para você mesma.

  • Faça uma busca pelo autoconhecimento

O primeiro passo para se amar e se aceitar é se conhecendo a fundo. Busque técnicas que irão te ajudar a entender os seus pontos fortes e de melhoria. Entenda em quais áreas da sua vida você gostaria de trabalhar e vá atrás de técnicas que possam te auxiliar nisso.


Saber reconhecer quem somos faz com que seja muito mais fácil amar nossa essência. Passamos a aceitar quem somos de uma forma mais profunda e gentil. A busca pelo autoconhecimento faz com que possamos compreender ainda a nossa história e tudo que nos levou a ser quem somos, fazendo com que possamos ser gratos pelos momentos que vivemos até aqui.

  • Agradeça mais

Quando temos o hábito de agradecer, percebemos com maior clareza as coisas boas do nosso dia a dia. Com isso, focamos mais nas coisas boas da vida, vibrando nessa energia e atraindo mais momentos agradáveis.


Além disso, comemore as pequenas vitórias da vida. Temos o mau hábito de focar só nos nossos erros, mas precisamos saber apreciar nossos acertos. Pense em tudo que você já fez, tudo que te trouxe até esse momento. Quantas conquistas você já teve? Quantos caminhos já trilhou? Perceba como você é incrível e como já alcançou coisas incríveis.

  • Se afaste de quem te faz mal

Sabe aquela pessoa que vive apontando defeitos nos outros? Que gosta de se vangloriar ao mesmo tempo que diminui o próximo? Se afaste dela, não deixe que a energia dela te atinja. Se for um familiar ou colega de trabalho, pessoas que não tem como deixar de ter contato, se proteja energeticamente antes do encontro e tenha pensamentos positivos todo o tempo que estiver com ela.

  • Seja paciente consigo mesma

O caminho pela melhora da autoestima não é linear. Você pode estar muito bem em um dia e no outro se sentir mal consigo novamente. Não seja dura com você. Se acolha de uma forma gentil e paciente. Tente rever as dicas anteriores, faça algo que te faça se sentir bem, foque em todo o progresso que você já teve e não deixe que um dia ruim atrapalhe a sua evolução pessoal.

  • Busque ajuda

Ter um profissional te guiando nessa busca pela melhora da autoestima pode fazer com que a jornada seja mais leve e agradável. Você não precisa fazer tudo sozinha. Faça terapia, busque técnicas para trabalhar suas crenças e medos.


Trabalhar a autoestima é uma forma de autocuidado. Tire um tempo para você, sua vida tem o potencial de ser muito mais leve se você se amar mais. Só tome cuidado para não transformar o amor próprio em egocentrismo. A vida é feita de equilíbrio.


Como anda a sua autoestima? Se você quiser começar a desbloquear a sua energia e ressignificar suas crenças limitantes em relação a si mesma, entre em contato e agende uma sessão de Thetahealing ou Barra de Access, vamos ficar felizes em te acompanhar nessa jornada.




49 visualizações0 comentário