Como praticar o desapego? Entenda a importância e 3 dicas de como fazer


Desapegar de algo é deixar que essa experiência fique no passado e seguir em frente de cabeça erguida. Podemos nos desapegar de pessoas, situações, objetos, lugares ou qualquer outra coisa que já tenha feito sentido na nossa vida, mas que nesse momento já não cabe mais em nossa realidade.

Temos receio de nos desapegar por medo do desconhecido. É normal que o novo venha junto com certa apreensões e ansiedade, mas é apenas abrindo espaço em nossa vida que vamos deixar chegar até nós experiências e pessoas incríveis. Desapegar não significa esquecer, significa apenas se conectar com o presente, com sua essência e com quem você é hoje.

Por que é importante praticar o desapego?

Energeticamente e fisicamente quando deixamos ir aquilo que já não faz sentido em nossa vida, abrimos espaço para o novo e mostramos para o Universo que estamos prontos para as novas bençãos que ele tem para nossa vida.

Isso serve para tudo. Ao doar roupas e sapatos que já não usamos mais, abrimos espaço para novas peças em nosso armário. Ao sairmos de um trabalho que não nos faz bem, abrimos espaço para encontrar algo melhor (neste caso podemos intensionar essa saída e começar a buscar algo novo, caso sair antes não seja possível). E assim em diante, tudo que temos ocupa um espaço físico e energético em nossas vidas, ao abrirmos mão do que já não faz parte de nós, deixamos que o novo chegue e movimentamos as energias ao nosso redor.

Além disso, ao manifestarmos a vida que desejamos, precisamos liberar o espaço fisico e emocional para que o Universo nos ajude a alcançar nossos objetivos. Para que a manifestação funcione bem precisamos fazer a nossa parte e nos movimentar para que a vida que sonhamos chegue até nós.

Como praticar o desapego?

Algumas pessoas têm mais facilidade de se desapegarem do que outras. No entanto, todos devemos praticar o desapego em suas diversas formas (emocional, mental, material, situacional, etc). Para te ajudar a começar, listamos 3 dicas para você liberar essa energia e começar sua nova vida hoje mesmo.

1. Trabalhe sua autoestima e seu amor próprio

Quando estamos bem conosco mesmos é mais díficil usarmos outras pessoas e situações para tampar buracos emocionais na nossa vida. A autoestima e o amor próprio nos ajudam a entender o que não nos faz bem e nos afastar de situações e pessoas danosas a nós. Ao perceber que merecemos mais do que aquilo, fica mais fácil nos desprendermos do passado e seguir em frente. O autoconhecimento é um ótimo caminho para fortalecer sua autoestima.

2. Aprenda a lidar com o desconhecido

O medo do desconhecido é o que normalmente faz com que as pessoas tenham receio de desapegar de algo. Trabalhar esse medo pode te ajudar a buscar pessoas, empregos e situações que podem ser melhores para você.

Muitas pessoas têm a crença limitante de que é melhor ficar em uma situação desagradável, porém conhecida, do que mudar para algo desconhecido, que pode ser pior. O que essas pessoas deixam de observar é que existe uma grande chance da nova situação ser tudo aquilo que ela sempre sonhou. É preciso trabalhar as crenças relacionadas à mudanças.

Para ajudar a lidar com essa insegurança em relação ao novo, faça uma lista de momentos em que você encarou o desconhecido e tudo de bom que isso trouxe para a sua vida. Pode ser uma mudança de emprego, o fim de um relacionamento, mudança de cidade, novo estilo de se vestir, o importante é ser um momento em que você aceitou a mudança e coisas boas chegaram para você.

Outro exercício que pode ser feito na hora que a insegurança chegar é listar o que pode acontecer de melhor e de pior caso você mude. Colocando essas perspectivas no papel você consegue ver como a chance de acontecer algo incrível é muito maior. Você percebe também como o que você considera ruim, não é tão pesado assim e pode ser facilmente contornável, caso aconteça.

Você pode ainda observar a situação “de fora”. Pense na mudança como se fosse com outra pessoa, como se uma amiga estivesse te pedindo um conselho. Pense de forma prática sobre a melhor opção para você, considere o porque você pensou em mudar no primeiro momento e o que você diria para sua amiga em uma situação semelhante.

3. Tire tudo que você já não usa e passe para a frente

O desapego material ajuda também com o desapego mental e emocional. Além das roupas que você já não usa, tire também objetos que lembrem pessoas e situações da qual você desa se desapegar. Deixe ir tudo que te lembra desses momentos.

Se desapegue de tudo que você já não usa ou não te faz bem. Objetos quebrados, caixas vazias, roupas que já não cabem ou que já não combinam com você, fotos de pessoas e momentos que já não fazem sentido serem guardadas, livros que você já leu e não pretende ler mais, documentos e pápeis antigos, tudo que esteja ocupando um lugar no qual ele não deveria estar mais.

Você pode doar, vender, jogar fora, faça da forma que for melhor para você, mas passe tudo para frente e deixe essa energia fluir e se renovar.

Nem sempre o desapego é feito para objetos e situações que não estão bons, as vezes fazemos isso para podermos seguir em frente e encarar novas situações que fazem mais sentido para o momento que estamos vivendo.

Um bom exemplo de desapego está acontecendo aqui no Semente Quântica. Por muitos anos tivemos o nosso espaço em que recebemos amigos, familiares, alunos e clientes. Nosso espaço sempre foi um local acolhedor que todos que conhecem amam, mas para nós, chegou o momento de nos desfazer da sala e seguir com o Semente Quântica em um novo formato.

Esta escolha foi feita pelo nosso momento, mas o nosso espaço vai continuar sempre como uma lembrança carinhosa em todos que por lá passaram. Nem por isso, vamos nos apegar a este local, seguimos com os atendimentos e cursos online com o mesmo carinho e dedicação de sempre e deixamos a sala para que uma próxima pessoa possa aproveitar do espaço como nós fizemos.

Se desapegue de momentos, lugares, objetos e pessoas que já não estão alinhados com o seu próposito atual. Quando você se desapega você se conecta com o presente e abre inumeras possibilidades para o futuro.

Pare de procrastinar, faça esses exercícios e lembre-se que quem não consegue aceitar o fim, tem mais dificuldade em aproveitar as alegrias de um novo começo. Então abençoe todos esses objetos, memórias e situações, agradeça pelos bons momentos, oportunidades e experiências e siga em frente com a sua vida, se abrindo para experimentar o novo.

Para aqueles que têm mais dificuldade em praticar o desapego, algumas sessões de Thetahealing ou Barra de Acess podem ajudar nesse processo. Agende um horário hoje mesmo com uma de nossas profissionais.

Siga o Semente Quântica nas redes sociais para acompanhar nossas mudanças, momentos de desapego e ver as dicas e informações que sempre colocamos por lá.

Facebook

Instagram


24 visualizações0 comentário