Conheça os 7 planos da existência, segundo o Thetahealing


Todos que já fizeram algum curso de Thetahealing, ou pesquisaram mais sobre o assunto, já ouviram falar no sétimo plano da existência. Mas você sabe o que é isso?


Vianna Stibal, a criadora da técnica, afirma que existem 7 planos de existência. Cada um deles tem as suas próprias regras, crenças, frequência e leis. Em cada um existem diferentes formas de vida.


Na meditação do thetahealing passamos por cada um deles até chegar no sétimo, que é onde está o Criador de tudo que é. É nesse plano que são feitas as sessões, é ali que enviamos as manifestações e fazemos os pedidos de cura.


Cada plano tem sua importância e se liga a nossa vida de uma forma diferentes. Siga a leitura para conhecer um pouco mais sobre cada um deles.


Primeiro plano

É aqui que estão todos os materiais inorgânicos do Planeta. No primeiro plano estão os minerais, rochas, cristais, terra etc. Os curadores que trabalham nesse plano são muitas vezes chamados de Alquimistas.


Precisamos estar sempre em equilíbrio em todos os planos da existência. Neste caso, o desequilíbrio pode ser observado na falta de minerais no corpo. Uma pessoa com deficiência de minerais, provavelmente, está com falta de suporte emocional e estrutural e deve trabalhar as crenças relacionadas a isso.


Segundo plano

Neste plano os materiais começam a se conectar com o carbono. Aqui já se encontram matérias orgânicas como plantas, vitaminas, fungos, bactérias, as fadas e os elementais.

O desequilíbrio físico nesse plano é observado pela falta de vitaminas no corpo ou problemas relacionados a fungos e bactérias. Já na parte emocional, ele pode se traduzir em um sentimento de falta de amor. Para ter harmonia neste plano é preciso que o corpo esteja em equilíbrio.


Aqueles que trabalham exclusivamente nesse plano são comumente chamados de Feiticeiros. Eles utilizam das plantas e ervas da natureza como instrumentos de cura.


Terceiro plano

No terceiro plano da existência é onde estão os seres humanos e os animais. É neste plano que nós aprendemos a dominar os sentimentos, pensamentos e o corpo físico. Os mestres do quinto plano descem até o terceiro para ajudar os humanos que aqui vivem a evoluir energeticamente.


O terceiro plano é na verdade uma ilusão. Nós, seres humanos, vivemos em todos os planos. Os medos e as emoções nos prendem a esse plano, mas temos a capacidade de nos movimentar entre os 7 planos da existência.


O desequilíbrio físico que pode ser observado neste estágio é a deficiência de proteínas, o que, emocionalmente falando, é a falta de nutrição emocional.


Quarto plano

Este é o plano em que estão os espíritos e os animais de poder. Ele não é governado pelo tempo, o que faz com que a percepção de tempo seja diferente entre o terceiro e quarto planos da existência.


Os curadores que trabalham com os espíritos e ancestrais são normalmente conhecidos como Xamãs. Normalmente o trabalho é feito com um guia espiritual e o uso de ervas medicinais (que estão no segundo plano).


Se a pessoa possui problemas com carboidratos no corpo, como deficiência de açúcar, ela provavelmente está com desequilíbrio ligado a este plano. Neste caso a pessoa costuma ter baixa energia.


Quinto plano

Este é o plano do dualismo. Ele é dividido em centenas de níveis. Nos níveis mais altos estão serem iluminados como os anjos, os conselhos dos doze e os Mestres (como Jesus e Buda). Já nos níveis mais baixos do quinto plano há a existência do ego e de seres com energias mais negativas.


Os curadores que trabalham com esse plano utilizam os seres que aí vivem como mediadores para se conectar com o Criador. O problema, muitas vezes, é que a opinião desses seres pode ser entendida como mensagem do Criador, trazendo crenças baseadas em medo, drama e culpa. Por isso, o ideal é sempre confirmar com o Criador as informações recebidas, para ter certeza que elas estão sendo passadas da forma mais elevada.


É preciso lembrar que todos os seres possuem livre arbítrio. Por isso, é necessário perguntar se algum anjo ou guia espiritual está disponível para falar com você e convidá-lo para essa conversa. Eles podem então aceitar ou não o convite.


Os lipídios são os elementos ligados ao quinto plano. Problemas relacionados a colesterol e triglicérides, por exemplo, mostram um desequilíbrio em relação ao plano dos espíritos.


Sexto plano

O sexto plano da existência é onde estão as leis que governam tudo, desde o sistema solar como um todo até nós como indivíduos. As leis estão sempre presente, são elas que regem toda a nossa existência.


O componente deste plano é o ácido nucleico. A falta deste elemento mostra que há falta de estrutura espiritual.


Sétimo plano

O último plano da existência é onde está o Criador de tudo que é. Ele é pura energia e, por isso, ao aprender a trabalhar em conjunto com essa energia é possível criar sua própria realidade e solicitar a cura ao Criador. Para tudo isso é preciso crer e trabalhar em conjunto com o Criador.


O componente deste plano é o ATP. Se ele estiver em desequilíbrio no corpo é porque falta a essência espiritual, a força da vida.


A meditação do Thetahealing tem como objetivo final chegar até o sétimo plano da existência para então entrar em contato direto com a energia do Criador. É lá que as sessões são feitas.

Devemos sempre buscar trabalhar no sétimo plano, pois lá é o amor, já não há dualidade. A voz do Criador é uma voz amorosa, é assim que a distinguimos do nosso ego e outras vozes que podemos ouvir na nossa busca por evolução e cura.


Neste conteúdo você pôde conhecer um pouco de cada um dos planos. Os planos são complexos e possuem qualidades e regras específicas.Para se aprofundar ainda mais conheça o curso Sete planos da existência do Thetahealing.



57 visualizações0 comentário
  • Spotify - Semente Quântica
  • YouTube - Semente Quântica
  • Facebook - Semente Quântica
  • Instagram - Semente Quântica

Av. Raja Gabaglia - 2000, sala 922 Torre. 2, Estoril | Belo Horizonte 
Ligações: (31) 98843-1633

SementeQuantica.com© Copyright 2020 

As declarações neste site não se destinam a diagnosticar, tratar, curar ou prevenir qualquer doença. Esta informação é fornecida estritamente para fins educacionais. De nenhuma maneira as informações neste site devem ser consideradas um substituto para o atendimento médico competente por seu médico ou outro profissional de saúde.