Digging no Thetahealing: entenda como é feito e sua importância



Nas sessões de Thetahealing o terapeuta busca encontrar a raiz das crenças limitantes para poder então trabalhar na ressignificação das mesmas. A técnica utilizada para fazer isso é chamada de Digging (escavação). Com ela é possível entender de onde vêm certas crenças e como modificá-las.


Mas você sabe como o digging funciona? Segue a leitura que vamos te mostrar tudo sobre esta técnica do Thetahealing.


Como o Digging é feito?

Conforme explicado, o Digging é utilizado nas sessões de Thetahealing para podermos entender de onde vem as crenças dos clientes. Para isso, é feita a meditação para entrar em Theta e a partir de então começa o trabalho de escavação.


Para testar as crenças, o terapeuta utiliza o teste energético e verifica se o cliente possui tal crença. Sabendo o que será trabalhado, a sessão segue com o terapeuta fazendo perguntas para o cliente acerca do tema.


Com isso, o cliente poderá acessar seu subconsciente e trazer à tona questões do passado que já estavam esquecidas, mas que ocasionaram em traumas e/ou crenças que hoje estão limitando a vida da pessoa.


Ao finalizar o Digging e todos os downloads, o terapeuta irá fazer o teste energético novamente para verificar se a crença foi modificada.


E como funciona o Digging em um atendimento online?

Nos atendimentos online o Digging é feito exatamente da mesma forma que presencial. A única diferença é em relação ao teste energético. Enquanto nos atendimentos presenciais o mesmo pode ser feito utilizando a técnica do teste muscular, com os dedos, ou através do pêndulo, no atendimento online, ele é sempre feito utilizando a técnica do pêndulo.


Por que é importante chegar na crença raiz?

Muitas vezes, quando um cliente chega para uma sessão de Thetahealing, ele deseja trabalhar crenças conscientes que o estão atrapalhando em algum aspecto de sua vida. No entanto, fazer apenas o download e ressignificar essa crença pode não ser muito eficaz a longo prazo.


O nosso inconsciente responde à maior parte do que somos, de como reagimos e como vemos a vida. Por isso, normalmente, algo que está no nosso consciente é fruto de outras cicatrizes e dores mais profundas que guardamos no fundo da mente e não nos lembramos de imediato.


Ao fazer o trabalho de Digging podemos encontrar as situações e crenças que desencadearam as situações que estão sendo trabalhadas. Sem encontrar a crença raiz, há uma grande chance de que a crença que foi trabalhada, retorne em breve.


Trabalhar apenas superficialmente é como colocar um band aid em um machucado, a ferida continua lá e a qualquer momento o curativo pode cair. Por isso é tão importante chegar na raiz da questão. Assim, o trabalho será feito de forma mais profunda e as chances de sucesso aumentam consideravelmente.


Além disso, descobrir o porquê das nossas ações e como chegamos àquele ponto de nossas vidas nos dá ferramentas e possibilidades para trabalharmos o nosso autoconhecimento e irmos sempre em busca de nos tornarmos pessoas melhores.


Para que você possa entender melhor, imagine um castelo de cartas, se eu tirar apenas a carta do topo, o castelo continua lá e é muito fácil voltar com a peça que falta. Por outro lado, se a carta retirada for da base, você consegue fazer com que todo o castelo se desmorone e dificulta o trabalho de reconstruí-lo, podendo então utilizar as cartas caídas da forma que lhe for mais conveniente.


Neste exemplo, a crença raiz é a carta da base. Ao tirarmos a mesma, todas as crenças limitantes ligadas a ela irão “cair” e cabe a você escolher como utilizar as peças que agora estão à sua disposição.


O Digging é uma das ferramentas principais do Thetahealing, sendo a base de uma sessão. Com ele podemos acessar memórias de infância, de vidas passadas e até entrar em contato com a energia de nossos ancestrais para entender mais sobre nós mesmos e nossas ações. Por isso, é tão importante procurar profissionais capacitados para fazer esse trabalho.


Para os profissionais, existe um curso de Thetahealing específico para aprofundar mais na técnica do Digging e aprender atalhos que irão te ajudar a encontrar as crenças dos clientes de forma mais rápida. Para fazer o curso é necessário ter as certificações de DNA Básico e DNA Avançado.


No Semente Quântica temos profissionais capacitados para atendê-los em sessões individuais e para ministrar o curso Aprofundando no Digging. Entre em contato para que possamos te auxiliar nessa etapa.








21 visualizações0 comentário